A fábula da galinha do “PIX” de ouro da SEAP-RJ

Escrito por Portal TPNews

1 de outubro de 2021

Categoria(s): Sistema Penitenciário

Tag(s): Rio de Janeiro

Foto – Edição Caroline Camilo

A história da galinha dos ovos de ouro é muito conhecida:

Um casal ambicioso e avarento ganha uma galinha que todo dia bota um ovo de ouro. Impacientes para enriquecer logo, eles a matam para ter acesso a todos os ovos de uma vez e acabam perdendo tudo. Pois bem, fatos recentes ocorridos na secretaria de Administração Penitenciária do Rio, nos arremete a esta fabulosa fábula, e cai como uma luva no comportamento de gestores e de alguns servidores corruptos desta viciada secretaria.

A Policia Federal ao realizar a operação, que culminou com a prisão do dito “Faraó” dos bitcoin, e consequentemente encaminhando o preso para a SEAP-RJ. Entretanto, esta prisão acabou virando um presente de grego para o sistema prisional do Estado do Rio e, uma oportunidade para gestores corruptos, com a fabulosa “galinha do PIX de ouro ” na era digital.

Em menos de 30 (trinta) dias, período em que o ex-garçom está preso, a Corregedoria da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) já fez três vistorias nas celas e galerias da Cadeia Pública Joaquim Ferreira de Souza, no Complexo de Gericinó, onde Glaidson se encontrava acautelado. A corregedoria é subordinada ao gabinete do subsecretário geral Gilberto Mainoth, mesmo gabinete onde até o dia trinta de setembro de 2021 esteve lotado o servidor condenado a dois anos e meio de prisão por associação ao tráfico, que teria ido a Bangu, visitar pessoalmente o mestre dos magos dos bitcoin que se identificou apenas como Luciano e deu número de matrícula já “INEXISTENTE.””, conforme matéria publicada no RJ2.

https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2021/09/30/farao-dos-bitcoins-seap-apura-regalias-e-visitas-de-funcionarios-publicos-a-glaidson-em-bangu.ghtml

Agentes penitenciários escreveram cartas à rádio BandNewsFM, informando que a apreensão de celulares e carnes, encontrada na unidade prisional, onde Glaidson Acácio dos Santos, teriam sido forjados, pois foram encontrados em local onde o ex-garçom sequer estaria. Advogados de Glaidson estão indo à Justiça com as cartas que foram citadas na Rádio BandNewsFM. A denúncia aponta que seria uma tentativa de extorsão, com a velha máxima de criar dificuldades para vender facilidades, desta forma, enviando Glaidson para para Bangu I, supostamente no intuito de depois cobrar uma quantia elevada para retornar à cadeia de origem, “segundo denúncias”

A história da vida simples de Gabinha e tio Tunico que acidentalmente compram uma galinha que bota ovos de ouro. Na tradicional fábula, o casal deseja ser rico e ganha uma galinha que bota ovos de ouro de presente. Ansiosos e sem paciência a história se confunde com a de alguns gestores corruptos da SEAP-RJ considerando que, devido a ganância, não souberam esperar várias semanas por novos PIX de ouro, os corruptos assim como o casal da famosa fábula acaba em uma inusitada enrascada, pois de forma diferente, mataram a galinha dos ovos de ouro, no sistema prisional, que devido ao ultimo escândalo, e suposta tentativa de extorsão, a Polícia Federal (PF) pediu à Justiça Federal a transferência do dono da GAS Consultoria, Glaidson Acácio dos Santos, para uma penitenciária federal fora do estado, onde com certeza não fará tantos PIX. Contudo, as viúvas do Glaidson lamentarão a morte da “galinha dos Ovos de Ouro”.

Pois é… Ao invés de prenderem os corruptos, agravam a situação do preso que estaria sendo extorquido, afinal… Quem entrou com as carnes? Quem entrou com os celulares? Foram punidos ou ao menos identificados? Tem câmeras? Se não. Por que tiraram? Kd o Ministério Público que estava aqui? O Gato comeu, ou seria os ratos? Pois se houvesse monitoramento ativo ficará, fácil identificar a entrada de todos estes itens encontrados, afinal o ministério público tinha acesso as câmeras no tempo dos Promotores; Dr. André Guilherme Dra. Andrea Amim etc….

A Delegada da 34º DP, Bangu Zona Oeste do RJ, na linguagem carcerária “já pegou a visão”, e já visualizou na conduta promiscua de agentes públicos na desastrosa ação da corregedoria, em abuso de autoridade, sem o descartar de possível extorsão mediante sequestro do preso bilionário “Faraó dos bitcoin”. Deu ruim!!!

Portal TPNews
Portal TPNews

Portal de Notícias Online

Compartilhe

Assine nossa newsletter

 

Nos siga nas redes sociais

 

Veja também

Offshore põe Paulo Guedes no centro da agenda política da semana…

Escândalo revela que ministro Paulo Guedes lucrou com empresa em paraíso fiscal, a cada mês algum membro da equipe de Bolsonaro é pego em escândalo. Desta vez, o ministro da Economia, Paulo Guedes, é suspeito de movimentar  milhões de dólares de forma ilegal no...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.