Casal consegue na Justiça arresto de R$ 1,4 milhão da empresa do ‘Faraó dos Bitcoins’

Escrito por Portal TPNews

23 de outubro de 2021

Categoria(s): Justiça

Tag(s): Rio de Janeiro

Rafael Portugal ator de Portas dos Fundos e a esposa, Vanelli Portugal, entraram com um processo contra a GAS Consultoria Bitcoin, empresa de Glaidson Acácio dos Santos, conhecido como o “Faraó dos Bitcoins”, por dano material.

Uma decisão da Justiça do dia 28 de setembro determinou o arresto de R$ 1,4 milhão nas contas da GAS. Segundo o Tribunal de Justiça, além do montante investido, o valor do arresto cobre juros, correção monetária e custas judiciais. O valor ainda não foi pago ao casal. Enquanto isso, na corregedoria da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, o diretor exonerado do Presídio Joaquim Ferreira, unidade prisional onde ocorreu a suposta tentativa de extorsão ao preso Glaidson Acácio dos Santos, recebeu visitas incomuns, envolvendo um de servidor condenado e foragido da justiça, além de dois funcionários lotados na Casa civil do Governo do Estado do Rio de Janeiro.

O Portal de Notícias TPnews, teve acesso ao depoimento do diretor exonerado “Marcelo Martins Gonzáles, que ocorreu no dia 21/10/2021, o depoimento que durou aproximadamente quatro horas, preenchendo seis páginas de pura nitroglicerina.

Seria interessante o MPERJ (MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO) e o MPF (MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL), requeressem cópias de toda a declaração prestada pelo ex-diretor, assim como acompanharem de perto o desenrolar do procedimento disciplinar instaurado de número; SEI-210006/002076/2021..

Portal TPNews
Portal TPNews

Portal de Notícias Online

Compartilhe

Assine nossa newsletter

 

Nos siga nas redes sociais

 

Veja também

Corpo decapitada de uma mulher foi encontrado em São Gonçalo

O corpo de uma mulher foi encontrado nesta sexta-feira (26), no bairro de Santa Isabel, Município de São Gonçalo. De acordo relatos de frequentadores do local, que por motivo de segurança não quiseram se identificar. O corpo da vítima, estava em uma área bastante...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.