“Com fim dos acordos” -Policiais Penais da SEAP-RJ apreendem drogas e celulares durante revista em unidades prisionais

Escrito por Portal TPNews

31 de agosto de 2021

Categoria(s): Sistema Penitenciário

Tag(s): Rio de Janeiro

Ao todo, 17 celulares, dois roteadores e cerca de quatro quilos de drogas foram apreendidos_

Rio – A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) realizou, na manhã desta terça-feira (31/08), uma revista geral no Presídio Alfredo Tranjan, no Complexo de Gericinó, em Bangu. A ação, que contou com a participação de 50 servidores, teve o total de oito celulares, dois roteadores, 257 invólucros de uma substancia aparentando ser haxixe e 42 trouxinhas contendo erva seca picada, aparentando ser maconha.

Em outra ação, realizada nesta segunda-feira (30/08), no Presídio João Carlos da Silva, em Japeri, foram apreendidos nove celulares, cerca de 800 gramas de uma substância aparentando ser haxixe, cerca de 1,1kg de pó branco, supostamente cocaína e 2,8kg de erva seca picada, aparentando ser maconha.

Em ambos os casos, os materiais apreendidos foram encaminhados às delegacias locais para a confecção do registro de ocorrência.

A SEAP ressalta que esta é uma das medidas da nova gestão para coibir os acessos de materiais ilícitos nas unidades prisionais do Rio de Janeiro. A ação, que será recorrente em todo o sistema prisional, visa impedir o ingresso de qualquer material ilícito nas unidades prisionais do Estado.

O secretário de Estado de Administração Penitenciária, Fernando Veloso, destaca a importância da atuação dos servidores da própria unidade e o trabalho de inteligência utilizado durante a ação.

– Com o setor de inteligência forte e atuante, os próprios servidores, responsáveis por esse tipo de revista terão cada vez mais segurança para atuar, além de uma maior efetividade nos resultados. Ações como esta serão comuns, a partir de agora, em todo o sistema prisional –,  garantiu Fernando Veloso.

A revista geral foi coordenada pela Subsecretaria Geral e contou com o apoio os servidores das próprias unidades prisionais, da Superintendência de Inteligência do Sistema Penitenciário (SISPEN), do Grupamento de Intervenção Tática (GIT) e do Grupamento de Operações com Cães (GOC), além do acompanhamento da Corregedoria.

Portal TPNews
Portal TPNews

Portal de Notícias Online

Compartilhe

Assine nossa newsletter

 

Nos siga nas redes sociais

 

Veja também

Offshore põe Paulo Guedes no centro da agenda política da semana…

Escândalo revela que ministro Paulo Guedes lucrou com empresa em paraíso fiscal, a cada mês algum membro da equipe de Bolsonaro é pego em escândalo. Desta vez, o ministro da Economia, Paulo Guedes, é suspeito de movimentar  milhões de dólares de forma ilegal no...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.