Irmão do miliciano Ecko é preso em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio

Escrito por Portal TPNews

13 de maio de 2021

Categoria(s): Segurança Pública

Tag(s): Rio de Janeiro

Segundo a polícia, Wallace da Silva Braga, conhecido como Batata, resistiu à prisão e tentou tomar o fuzil de um dos policiais.

 A Polícia Civil prendeu em flagrante, nesta terça-feira (11), o irmão do miliciano Ecko, o criminoso mais procurado do Rio de Janeiro. Os agentes da Draco (Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais) localizaram o criminoso no bairro de Campo Grande, zona oeste do Rio. Segundo a polícia, o irmão do miliciano resistiu à prisão tentando tomar o fuzil de um dos policiais e fez ameaças em nome da milícia. O homem foi autuado pelos crimes de coação no curso do processo, resistência e organização criminosa. O irmão do homem forte da milícia do Rio, por sua periculosidade, resistência e tentativa de matar os policiais da DRACO, ao ser conduzido para o sistema prisional, seria praxe o Subsecretário de Gestão Operacional, determinar a sua condução para a Penitenciária Laércio Peregrino (Bangu I), e assim providenciar sua transferência para presídio Federal, mas, para isso é preciso ter coragem!, considerando que a sua permanência em Bangu IX, com certeza assumirá o comando do coletivo carcerário da unidade prisional Bandeira Stampa!                   Bangu IX foi palco de uma cena surreal, onde um dos detentos acenderam um charuto com uma nota de cinquenta reais em chamas, sem que nenhum resposta fosse dada a altura,

Portal TPNews
Portal TPNews

Portal de Notícias Online

Compartilhe

Assine nossa newsletter

 

Nos siga nas redes sociais

 

Veja também

Offshore põe Paulo Guedes no centro da agenda política da semana…

Escândalo revela que ministro Paulo Guedes lucrou com empresa em paraíso fiscal, a cada mês algum membro da equipe de Bolsonaro é pego em escândalo. Desta vez, o ministro da Economia, Paulo Guedes, é suspeito de movimentar  milhões de dólares de forma ilegal no...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.